Vladislav Delay estreia nova formação em Braga
Terça-feira , Abril 7 2020 Periodicidade Diária nº 2414
Principal / Cultura / Vladislav Delay estreia nova formação em Braga

Vladislav Delay estreia nova formação em Braga

Figura chave da música eletrónica das últimas décadas, Sasu Ripatti regressa aos palcos e apresenta uma nova formação em quinteto para o ensemble Vladislav Delay.

Vladislav Delay Quintet apresentam-se em estreia mundial esta quinta-feira no TBA – Teatro do Bairro Alto, em Lisboa, e no dia seguinte no gnration, em Braga.

Músico e produtor nascido na Finlândia, Sasu Ripatti estreou-se em 1999 com o EP The King of Blue na sua própria editora, a Humme Recordings. Na viragem do milénio, editou um conjunto de álbuns, sob diferentes pseudónimos, sendo o mais frequente Vlasdislav Delay, que o catapultaram para o culto.

Luomo e Uusitalo, outros dois dos seus pseudónimos, não será nome estranho para os seguidores da música eletrónica dançável. Com AGF, sua companheira, que em 2018 realizou a instalação audiovisual Language Hack na galeria INL do gnration, viria a editar dois discos, Explode (2005) e Symptons (2009). Enquanto baterista e percussionista, figurou no trio de Moritz von Oswald, junto com Max Loderbauer, de 2009 a 2015, dando depois lugar ao nigeriano Tony Allen. A meio da sua passagem pelo trio, com quem editou dois álbuns e um disco ao vivo, formaria o seu próprio quarteto com quem lançou um único disco, homónimo, editado em 2011 na Honest Jon’s.

Em Vladislav Delay Quartet juntaria a eletrónica do músico Mika Vainio, metade de Pan Sonic, o saxofone e clarinete do argentino Lucio Capece e o contrabaixo do canadiano Derek Shirley. Agora, regressa ao ensemble com parte dessa formação e com novos elementos. A Ripatti, na percussão e eletrónica, Capece, no saxofone, Shirley, no contrabaixo, juntam-se a Max Loderbauer, com quem tocou em Moritz von Oswald Trio, no sintetizador Buchla, e a Maria Bertel, no trombone, para formar Vladislav Delay Quintet.

Em coprodução com o TBA – Teatro do Bairro Alto, os cincos músicos desenvolveram nova música em contexto de residência artística, material essa que apresentam agora na estreia de Vladislav Delay Quintet. A proposta distancia-se da abordagem industrial do quarteto, procurando uma sonoridade mais melódica, onde combinam as faces melódicas do jazz com bases eletrónicas abstratas, ainda que com alguma forma de groove.

O concerto tem data marcada para sexta-feira, 21 de fevereiro, às 22h30, na blackbox do gnration. O preço dos bilhetes é de 7 euros e podem ser adquiridos em: https://gnration.bol.pt.

Acerca Braga TV