Theatro Circo organiza vigília em homenagem a colaboradora assassinada
Quarta-feira , Maio 27 2020 Periodicidade Diária nº 2464
Principal / Notícias / Theatro Circo organiza vigília em homenagem a colaboradora assassinada

Theatro Circo organiza vigília em homenagem a colaboradora assassinada

Gabriela Monteiro, de 46 anos e colaboradora no Theatro Circo, foi vítima mortal de violência doméstica esta quarta-feira à noite. O Theatro Circo publicou um comunicado onde manifesta o pesar de toda a equipa desta sala de espetáculos, organizando uma vigília para hoje, às 21h30, frente ao edifício.

Devido ao falecimento inesperado da funcionária, a equipa do Theatro Circo decidiu manter hoje as portas fechadas e cancelar o espetáculo da Companhia de Teatro de Braga, que estava previsto para esta quinta-feira, às 21h30.

O Theatro Circo pede à população para se juntar a esta vigília, vestindo roupa branca e trazer uma flor para apelar ao fim da violência.

“O Theatro Circo vem por este meio comunicar, com profundo pesar de toda a equipa, o falecimento da colaboradora Gabriela Monteiro.

A Gabriela era parte da equipa, da família do Theatro Circo, desde 2010. Na memória dos colegas deixa a profunda bondade, a simpatia e o sorriso fácil, a prontidão em ajudar em todas as situações, mesmo em momentos de adversidade.

A Gabriela foi vítima de violência doméstica e o Theatro Circo, que conta na sua equipa com 17 mulheres, que todos os dias fazem deste espaço um lugar de fruição de arte, de cultura, de harmonia, não pode deixar de repudiar profundamente este ato de violência que tirou a vida a uma das melhores pessoas que contribuía diariamente para esta casa. A Gabriela deixou dois filhos, a quem dirigimos os nossos sentimentos e enviamos votos de coragem neste momento difícil.

O Theatro Circo encontra-se encerrado durante o dia de hoje. Em solidariedade, a Companhia de Teatro de Braga – CTB, cancelou o espetáculo previsto para hoje, às 21h30.

À mesma hora, iremos realizar uma vigília em frente ao edifício onde prestaremos homenagem à Gabriela e a todas as vítimas de qualquer tipo de violência doméstica.

Convidamos a cidade a juntar-se a nós, vestindo de branco e trazendo consigo uma flor.

Nem uma vítima mais.”

Acerca Braga TV