Salão Medieval recebe exposição “Braga de André Soares”
Quarta-feira , Maio 27 2020 Periodicidade Diária nº 2464
Principal / Eventos / Salão Medieval recebe exposição “Braga de André Soares”

Salão Medieval recebe exposição “Braga de André Soares”

Captura de ecrã 2017-03-01, às 14.35.37

“Braga de André Soares” é uma exposição de fotografia patente na Galeria do Salão Medieval, no Largo do Paço, organizada pelo Conselho Cultural da UMinho e pela editora Centro Atlântico, que pode ser visitada até dia 15 de março.

Esta exposição estrutura-se em torno de imagens do livro “Braga de André Soares”, de Eduardo Pires de Oliveira e Libório Manuel Silva, e apresenta 25 fotografias relativas ao trabalho de arquitetura, talha e desenho legado por André Soares.

O mote para a organização desta exposição foi o lançamento do livro “Viver com André Soares, criador de arte, desenhador de poemas”, de autoria de Francisco Vieira da Silva, que será lançado no próximo dia 5 de março pelas 15h30, na Igreja dos Congregados, na Avenida Central, com entrada livre.

André Soares foi o maior vulto do rococó português. Autodidata, desenvolveu a sua arte a partir de gravuras de Augsburgo. A sua obra é profundamente emotiva. Desenvolve-se, sobretudo, no domínio da arquitetura e da talha e está espalhada pelo norte de Portugal, de Viana do Castelo a Guimarães, Lamego e vários outros locais, tendo como centro principal a cidade de Braga.

Esta exposição revela o seu singular percurso artístico, entre o tardobarroco e o rococó. Dá a conhecer as suas obras, com especial relevância para as localizadas na área de Braga. Obras como a capela dos Monges, no convento dos Congregados, podem contar-se entre as mais impressionantes do tardobarroco na Europa. Já o Palácio do Raio, a fachada da capela de Santa Maria Madalena da Falperra e a insólita casa de Fresco na mata do Bom Jesus do Monte são obras-primas do rococó europeu, o mesmo se podendo dizer do conjunto da talha do mosteiro de Tibães, nomeadamente a da capela-mor.

Sobre o Fotógrafo

Libório Manuel Silva é editor dos livros sobre fotografia mais vendidos em Portugal, autor de cerca de 30 livros e fotógrafo de cultura e património.

Fruto de um longo trabalho de investigação, prepara a publicação do segundo volume de Bibliotecas – Maravilhas de Portugal, a sua obra seminal, bem como do mais representativo livro sobre azulejaria nacional, Azulejos – Maravilhas de Portugal, a apresentar no final do mês de março.

Nas suas sete obras já publicadas sobre Braga apresenta o conjunto mais representativo de fotografias a cores sobre o património bracarense editado em livro, composto por 750 imagens exclusivas.

Acerca Braga TV