Petição pela inserção de políticas animais em Braga atinge 4500 assinaturas
Quarta-feira , Maio 27 2020 Periodicidade Diária nº 2464
Principal / Notícias / Petição pela inserção de políticas animais em Braga atinge 4500 assinaturas

Petição pela inserção de políticas animais em Braga atinge 4500 assinaturas

O movimento cívico ‘Braga para Todos’ reuniu  com o candidato do ‘NÓS Cidadãos’ à Câmara Municipal de Braga, Armando Caldas, com Pedro Pinheiro Augusto, candidato à Assembleia Municipal, e Paulo Pato, integrante da lista, para discutir as políticas de proteção animal para o Município de Braga. A reunião mostrou vários pontos de concordância, sendo que o mais urgente foi de dar uma vida mais digna aos animais de rua e controlar a população no caso dos gatos e cães. O programa CED (Captura, Esterilização e Devolução), tanto o ‘NÓS Cidadãos’ como o ‘Braga para Todos’ concordam que esta verba tem de ser cedida pela Câmara Municipal de Braga tal como o processo logístico.

Armando Costa e Pedro Pinheiro Augusto pretendem dar continuidade ao trabalho da candidatura de 2013 da ‘Cidadania em Movimento’ e têm como objetivos políticos lugares na Assembleia Municipal e um na vereação. O ‘NÓS Cidadãos’ candidata-se com vários independentes e com o filiado Pedro Pinheiro Augusto.

A reunião teve o objetivo de conhecer a proposta eleitoral de quem pretende uma “alternativa para Braga”. “A reunião foi positiva. Falou-se na remunicipalização da AGERE com benefícios para o ambiente e consequentemente para os animais, algo que agrada a este movimento. A AGERE é uma empresa municipal com lucros altos tanto para a Câmara, que tem 51% como para os acionistas privados, seria mais lógico e benéfico para os interesses do bracarenses que a empresa fosse municipalizada sem os interesse privados e com uma verba efetiva e pública para a gestão do CROA e a criação de uma equipa para o programa CED, a par com uma verba fixa para a sua concretização durante 4 anos. Essa é uma das nossas luta”, referiram os membros do ‘Braga para todos’.

“Com a concordância na urgência de uma campanha de CED, houve a ação contrária por parte da atual governação que no período legal de transição até à lei 27/2016 entrar em vigor, optou por construir e investir em parques caninos em vários pontos da cidade e por assumir a compra de terrenos para aumentar a quinta pedagógica. A nossa questão é: as obras serão prioritárias? Braga tem milhares de animais de rua e famílias carenciadas sem conseguir suportar as despesas básicas que os animais apresentam. Esta governação gosta de obras e notícias para cumprir a agenda política e terão efetivamente muito clipping mas investimentos urgentes caem em esquecimento porque na prática andam ativistas desta causa a trabalhar diariamente e sem recursos financeiros da Câmara a resolver um problema que não é deles. Há sem dúvida um descartar constante de Ricardo Rio quando o assunto são a implementação de políticas públicas para os animais de rua”, acrescentam.

O ‘Braga para Todos’ conseguiu desta reunião com o ‘NÓS Cidadãos’ um compromisso na defesa da causa animal nas suas propostas eleitorais. “Para nós é importante termos partidos que defendam a nossa luta e nos representem. Esperamos também com esta petição apelar ao voto consciente. Braga tem milhares de pessoas que têm animais, outras que se preocupam com animais abandonados e vão votar numa coligação que um ano antes da lei que proíbe o abate por motivos de sobrelotação nos CROA e sugere a
implementação do CED para controle populacional, não apresenta propostas em campanha? Ainda ontem nos chegou às mãos mais um caso de um animal atropelado e em sofrimento. A pessoa que o tentou socorrer ligou para os bombeiros que, segundo o protocolo, disseram que a chamada seria para a PSP e que demorou 45 minutos a chegar ao local. O cão acabou por falecer e só hoje a AGERE levantaria o corpo. Este procedimento não é racional, é necessário seguir os bons exemplos como Oeiras e ter uma ambulância a funcionar 24 horas por semana com bombeiros formados para socorro de animais e protocolos com clínicas médico-veterinárias que tenham serviço de urgência e a Câmara responsabilizar-se pelo pagamento destes cuidados. Como é que uma cidade feliz tem milhares de animais a morrerem na rua e a serem ignorados? É tempo dos bracarenses verem a verdade”, concluem.

A petição da inclusão de políticas para os animais de rua está disponível online em http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT86492 e em vários pontos da cidade para assinatura física.

Acerca Braga TV