Manuel Gastão regressa à União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro
Terça-feira , Abril 7 2020 Periodicidade Diária nº 2414
Principal / Freguesias / Manuel Gastão regressa à União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro

Manuel Gastão regressa à União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro

O PS aposta no regresso do antigo presidente da Junta de Aveleda, Manuel Gastão, agora como candidato à União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro. “Não preciso de prometer nada. As pessoas sabem quem sou, o que fiz e como sou. Gosto de estar próximo delas e, em equipa, resolver os seus problemas e amenizar as suas ansiedades”, destacou o cabeça de lista socialista, durante a visita que fez com Miguel Corais aos Centros Sociais da Paróquia de Aveleda e da Associação de Vale d’Este, em Celeirós.

A iniciativa marcou o arranque da campanha eleitoral, numa “incursão ao património mais importante das freguesias, as pessoas”. Estar com elas “é muito mais reconfortante do que um conjunto de promessas, que nunca conseguimos cumprir totalmente e que as pode desiludir”, acrescentou Manuel Gastão.

O Centro Social e Paroquial de Aveleda nasceu para dar apoio domiciliário, integrando depois as valências de centro de dia e lar, sem perder o cariz familiar que lhe é característico.

O candidato à União de Freguesias acompanhou ainda Miguel Corais na visita à Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Vale d’Este, em Celeirós, durante a qual aproveitou para reiterar o seu lema: “Não prometemos nada, mas estamos cá. Sempre que precisarem de nós, sabem onde estamos, estamos aqui”.

A instituição foi fundada por Lucinda Machado Pinto, que começou como um Centro de Convívio, em 1993, no Salão da Junta, tendo dois anos depois iniciado o apoio domiciliário.

O lar começou a ser construído em julho de 1999, tendo sido concluído um ano depois. Hoje, conta com 17 utentes, mais 23 em Centro de Dia e 22 com apoio domiciliário. Existem uns 30 a 40 em lista de espera, explicou Manuel Vaz, dirigente da instituição, dando conta do projeto de ampliação das instalações que deve concretizar-se em breve, somando mais 37 camas, incluindo dez quartos duplos.

Miguel Corais saudou todos os utentes do Lar e Centro de Dia, deixando-lhes uma palavra de conforto e enaltecendo os trabalhos manuais que os próprios têm realizado. O candidato do PS à Câmara Municipal  de Braga fez ainda questão de elogiar o trabalho desenvolvido pelos “excelentes profissionais e amigos dos utentes” que a instituição integra.

Acerca Braga TV