Junta de Freguesia de S.Victor distribuiu prendas a pensar no ambiente e nas gerações futuras
Quarta-feira , Maio 27 2020 Periodicidade Diária nº 2464
Principal / Educação / Junta de Freguesia de S.Victor distribuiu prendas a pensar no ambiente e nas gerações futuras

Junta de Freguesia de S.Victor distribuiu prendas a pensar no ambiente e nas gerações futuras

Cerca de 800 crianças encheram, no passado dia 17,  de entusiasmo e muita alegria o grande auditório do Altice Forum Braga, onde decorreu, durante toda a manhã, a Festa de Natal das Escolas de S. Victor e onde os alunos do pré-escolar e do ensino básico das seis escolas da freguesia brilharam com animadas e divertidas atuações.

A apresentação da Festa foi conduzida pela dupla de Palhaços da Companhia Malad’arte, que introduziu as escolas e as suas performances. Os alunos dos dois Jardins de Infância da Freguesia foram os primeiros a subir ao palco onde interpretaram temas musicais como “Canção de Natal Coreografada” e
“Pinheirinho”. Seguiu-se a atuação de cada turma selecionada em cada escola, divertindo a plateia e contagiando já os colegas mais novos com os temas natalícios interpretado. No final das apresentações escolares, a festa prosseguiu com a apresentação da peça de teatro “Charlie e a Fábrica de Chocolate”, interpretada pela companhia de teatro “Malad’arte”, que captou a atenção de todo o público presente no auditório.

“Esta é uma iniciativa das que mais orgulho nos preenche e é uma espécie de prenda que a autarquia dá às crianças numa celebração daquilo que deve ser também a própria juventude e infância, precisamente porque sabemos a importância que tem a educação formal e o papel importante desempenhado pelas escolas enquanto agentes formadores”, sublinhou Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, entidade promotora desta iniciativa, destacando, no entanto, que “também é preciso haver espaço e tempo para as crianças poderem brincar e divertirem-se”.

“Já há muito tempo que a autarquia começou a oferecer às crianças este espaço de convívio entre os alunos de todas as escolas, também para as poder libertar um pouco da escola formal, mas com total responsabilidade em atuar para um vasto público exigente”, referiu o autarca. “Esta festa é também importante para que haja este convívio entre os estabelecimentos de ensino da freguesia no sentido de os alunos se irem conhecendo e também para que partilhem o orgulho de pertencer à freguesia de S. Victor”.

A Festa de Natal das crianças de S. Victor serviu, ainda, para a Junta de Freguesia atribuir os prémios relativos ao Concurso de Postais de Natal e Concurso de Contos de Natal que promoveu junto dos estabelecimentos de ensino. Pelo quinto ano consecutivo, referente aos Postais de Natal, o Executivo de S. Victor decidiu atribuir um vencedor por cada escola. Assim, Dinis Freitas foi o vencedor da escola S. Victor, tal como a aluna Ilona, do JI/EB1 das Enguardas,  o Daniel Machado,  da EB1/JI do Bairro da Alegria, o Ricardo Campos Rocha, da EB1 Santa Tecla, a Sofia Ribeiro da EB1 do Bairro Eng. Duarte Pacheco e Yoline Karst, do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian. Os desenhos vencedores dão origem a seis postais de Natal que a Junta de Freguesia edita e que envia às entidades parceiras a desejar Boas Festas e também ao  Presidente da ONU, António Guterres, ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e a António Costa, Primeiro Ministro.

Igual procedimento foi adotado no Concurso dos Contos de Natal, tendo os vencedores ficado automaticamente selecionados para ver o seu conto publicado no livro digital que a Junta de Freguesia pretende lançar. Assim, na escola S. Victor nº7 o vencedor foi Ruben Oliveira com “Aventura de Natal”; das Enguardas, da EB1/JI Bairro Alegria, o texto selecionado foi o de Ana Leonor Silva, com o título “A Casa Misteriosa”, na EB1 Santa Tecla, Arthur Gomes de Arruda venceu com o texto “O Segredo de Natal”, na EB1 Bairro Eng. Duarte Pacheco a vencedora foi Carolina Daniela Alves com o conto “O Anjinho Perdido” e no Conservatório Música Calouste Gulbenkian, Joana Dantas Sousa venceu o concurso com o conto “O Natal em Marte”.

Para Ricardo Silva, os concursos promovidos pela Junta de Freguesia de S. Victor servem como forma de estimular a criatividade das crianças, bem como a sua capacidade de escrita e de pintura, transformando pequenos gestos em grandes símbolos desta autarquia.

Cada um dos vencedores teve direito a um prémio adaptado à categoria em que ganhou e todos os alunos foram presenteados com um KIT “Percorrer S. Victor” composto por uma mochila, uma garrafa de desporto, o “Passaporte S. Victor” e o Postal de Natal, ofertas integralmente patrocinadas pela Junta de Freguesia de S. Victor, como estímulo a um maior conhecimento da Freguesia.

Acerca Braga TV