Bracarense apela à sensibilização da população para não atirar lixo para o chão
Terça-feira , Julho 7 2020 Periodicidade Diária nº 2505
Principal / Notícias / Bracarense apela à sensibilização da população para não atirar lixo para o chão

Bracarense apela à sensibilização da população para não atirar lixo para o chão

Foto: Carlos Dobreira

O bracarense ambientalista e praticante de plogging, Carlos Dobreira, apelou hoje, via e-mail, ao Primeiro Ministro, Ministra da Saúde e Presidente da Direção-Geral da Saúde, a promoção de uma campanha a nível nacional para sensibilizar a população a não atirar lixo para o chão.

Com sessões de Plogging realizadas desde o dia 3 de junho de 2019 no Norte e Centro do país, o bracarense recolheu 1.860 litros de resíduos e lixo indiferenciado, 30.150 beatas de cigarro (doadas ao Laboratório da Paisagem de Guimarães), num tempo estimado de 104 horas e 50 minutos.

Com a atividade suspensa entre 10 de março e 3 de maio devido à pandemia da Covid-19, o ambientalista deparou-se com o aparecimento de centenas de luvas e máscaras no chão no concelho de Braga.

No e-mail que a Braga TV teve acesso, o cidadão refere que face “ao exposto e à vivência, com outro olhar, de um país de rara beleza, venho, por este meio, apelar à realização de uma campanha de sensibilização junto da sociedade portuguesa, para que as máscaras, luvas, beatas de cigarro e resíduos diversos, assim como o lixo indiferenciado, não sejam atiradas para o chão”. O apelo, feito ao Governo e à diretora da Direção-Geral da Saúde, termina com uma frase de descontentamento. “Como ativista ambiental, praticante de Plogging e professor, não posso aceitar mais esta postura da sociedade portuguesa, inadmissível em pleno século XXI”, termina o ambientalista bracarense.

Em tempos de crise, o apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.