Basílica do Bom Jesus do Monte retoma missas com a presença de fiéis
Terça-feira , Julho 7 2020 Periodicidade Diária nº 2505
Principal / Notícias / Basílica do Bom Jesus do Monte retoma missas com a presença de fiéis

Basílica do Bom Jesus do Monte retoma missas com a presença de fiéis

A Basílica do Bom Jesus do Monte vai retomar as missas com a presença de fiéis a partir do próximo sábado, dia 30 de maio.

A Eucaristia de sábado, que decorrerá às 8h00, será a primeira de porta aberta desde que a Basílica foi  fechada devido à pandemia da Covid-19. No mesmo dia serão celebradas missas às 11h00 e às 17h00.

No domingo as celebrações decorrem no mesmo horário de sábado e durante a semana, a Eucaristia será celebrada diariamente às 17h00.

As celebrações irão decorrer com novas medidas de segurança. Os fiéis terão de usar máscara durante a missa. À entrada estará presente um responsável a acolher e a orientar os fiéis que deverão desinfetar as mãos ao entrar e ao sair da missa. A entrada será feita pela porta do lado da Capela da Basílica e a saída pela porta do Hotel do Templo.

A Basílica terá cerca de 60 pessoas durante as celebrações onde será mantida a distância de segurança. Se participar uma família que vive na mesma casa, esta poderá ficar no mesmo banco.

A celebração da Eucaristia será celebrada pelo Reitor da Basílica, o Padre João Paulo Alves, que irá usar máscara e só irá retirá-la para as leituras. “Estarei de máscara e só a retiro para a leitura do Evangelho e da Homilia. Durante o restante tempo das missas, estarei sempre de máscara para gerar confiança aos fiéis. No momento da comunhão, os fiéis que não comungam, sentar-se-ão, e os que comungam ficam em pé nos seus lugares. O sacerdote desloca-se ao lugar de cada comungante e estes recebem a comunhão na mão sem responderem o ‘Amém’. O comungante deve desinfetar as mãos antes da comunhão, depois de tirar a máscara, comunga, volta a colocar a máscara, e desinfeta as mãos novamente”, explicou o Reitor do Bom Jesus.

O grupo coral será sempre reduzido, com o máximo de três elementos com organista.

Os sacerdotes da zona Pastoral da Cidade e Este do Arciprestado de Braga farão uma reunião de avaliação no dia 3 de junho para avaliar como decorreu o reinício das Eucaristias com os fiéis e as normas aplicadas.

Em tempos de crise, o apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.