Via Sacra de Maximinos: Um percurso de adoração e fé para os Cristãos
Quarta-feira , Junho 19 2019 Periodicidade Diária nº 2121
Principal / Cultura / Via Sacra de Maximinos: Um percurso de adoração e fé para os Cristãos

Via Sacra de Maximinos: Um percurso de adoração e fé para os Cristãos

Decorreu este domingo a décima quarta edição da Via Sacra de Maximinos. Com a dramatização das 15 estações, a Via Sacra envolveu mais de 300 participantes num percurso de cerca de dois quilómetros, que iniciou no Largo do Penedo até ao Monte de S. Gregório.

Francisco Mota, Coordenador Geral da Via Sacra de Maximinos, referiu que esta é a maior Via Sacra de Braga e da Península Ibérica, que mobiliza cerca de 300 participantes que tiveram um trabalho “árduo” ao longo de 7 meses de preparação e trabalho para poder recriar e encenar a Paixão de Cristo, após dois anos de ausência. “Chegamos finalmente ao dia que nós consideramos ser a maior Via Sacra da Península Ibérica. É sem dúvida um desafio muito grande e para mais, recuperá-la ao fim de dois anos, pelo facto de no ano passado não ter sido realizada, mas sempre fizemos disso a nossa maior motivação para conseguirmos voltar a edificar a Via Sacra de Maximinos, que hoje em dia já é a grande Via Sacra de Braga. Foram mais de 7 meses de preparação com uma equipa extraordinária que soube reinventar e que fez das dificuldades, factores de motivação para voltarmos a retomar as nossas energias para sabermos ultrapassar as nossas maiores dificuldades ao longo deste percurso”, referiu Francisco Mota.

Esta edição foi também pensada para pessoas com mobilidade reduzida, que tiveram a oportunidade de acompanhar a Via Sacra com o dispositivo “SWIP”, que ajudou os visitantes portadores de deficiência a usufruírem de informação e fotografias de cada uma das 15 estações. Este dispositivo turístico foi testado nesta dramatização, sendo este projeto já candidato ao apoio do Portugal 2020. “A nossa União de Freguesias fez uma candidatura através do Portugal 2020 para o turismo acessível. Essa candidatura e esse projeto era para ter iniciado precisamente nas Procissões da Semana Santa, mas conseguimos antecipar e vai ser já testado hoje com 15 pessoas de mobilidade reduzida que poderão usufruir do equipamento ‘SWIP’ e, assim, acompanhar as 15 estações à medida que se vai desenrolar o evento. É uma grande novidade pois estamos em Braga, cidade das procissões, mas também quando falamos de turismo também temos que falar das pessoas que não têm a acessibilidade que deveriam de ter. Essas pessoas são lembradas e é por isso que damos aqui o pontapé de saída com esta iniciativa”, esclareceu Luís Pedroso presidente da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade.

A Via Sacra de Maximinos atraiu cerca de 20.000 pessoas a esta dramatização, protagonizada por associações da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade como o grupo de jovens Alvorada, os Escuteiros de Maximinos, o Coro da paróquia de Maximinos e a associação Artystica.

Para além dos patrocinadores e apoios institucionais, a Via Sacra de Maximinos teve o apoio da Câmara Municipal de Braga, da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade e do Turismo Porto e Norte de Portugal.

Via Sacra de Maximinos: Um percurso de adoração e fé para os cristãos

Via Sacra levou milhares de pessoas a Maximinos.

Posted by Braga TV on Sunday, April 14, 2019

Acerca Braga TV