Universidade do Minho vence Jogo das Estrelas
Segunda-feira , Maio 20 2019 Periodicidade Diária nº 2091
Principal / Desporto / Universidade do Minho vence Jogo das Estrelas

Universidade do Minho vence Jogo das Estrelas

Realizou-se hoje, no Pavilhão Desportivo Universitário de Gualtar, a 9.ª edição do “Jogo das Estrelas”, partida de futsal que opõe a equipa da Universidade do Minho (UMinho) à equipa de personalidades externas. O evento faz parte das comemorações do aniversário da UMinho que festeja amanhã, dia 17 de fevereiro, os seus 45 anos de existência. A partida, mais que um jogo de estrelas, pode intitular-se “jogo da amizade”, uma vez que é o que se destaca do momento desportivo que este ano terminou com a vitória da equipa da UMinho por 6-5.

Segundo o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, o objetivo desta iniciativa passa, sobretudo, por criar “um momento de grande confraternização em que o resultado é o menos importante”, acrescentando que este “serve para consolidar relações com pessoas com quem interagimos, habitualmente, em outras circunstâncias”.

Este foi um jogo muito disputado e aguerrido em que as equipas tudo fizeram para garantir a vitória. A primeira parte foi dominada completamente pela equipa da UMinho, no segundo tempo a equipa de convidados voltou do descanso mais motivada, equilibrou e por pouco conseguia o empate na partida.

Com o apito inicial a dar-se por volta das 10h45, a equipa da Academia entrou a todo o “gás” e chegou ao primeiro golo, logo nos minutos iniciais, por Diogo Arezes. Dominando completamente o jogo, ainda não tinham passado dois minutos, de novo Diogo Arezes bisa na partida e põe a equipa da UMinho a vencer por 2-0. Parecendo não ter grandes “armas” para fazer face à superioridade da equipa da Academia, a equipa das Instituições tentava travar os ataques, sempre perigosos dos adversários, e foi num desses ataques que Carlos Videira chegaria ao 3-0, com um “chapéu” ao guarda-redes. Ainda antes do intervalo, a equipa das Instituições sofreu penalty, oportunidade que João Ribeiro não desperdiçou, reduzindo a desvantagem para 3-1 com que foram para o descanso.

A segunda metade começou muito mais equilibrada, a equipa das Instituições veio mais organizada, conseguia criar boas oportunidades, ainda assim seria a equipa da Academia a aumentar a vantagem. Primeiro por Bruno Lemos, num pontapé de fora da área fez a bola passar por baixo do guarda-redes e assinalou o 4-1, logo de seguida, também Anselmo Calais marcava o 5-1 e Diogo Arezes fazia o seu hat-trick na partida e tranquilizava a equipa com o 6-1.

Apesar do resultado “pesado”, a equipa das Instituições não baixou os braços e mostrava que queria mudar o rumo dos acontecimentos. Foi isso que aconteceu. João Pinheiro reduziu para 6-2 e, no minuto seguinte, Ricardo Rio apontada o 6-3.

Conforme os minutos iam passando, a equipa visitante parecia ganhar confiança e voltou a marcar, por intermédio de André Coelho Lima, o qual bisou logo de seguida, reduziu para 6-5, mas o golo mostrou-se infrutífero, pois, a partida terminaria sem mais alterações.

No final do jogo, Ricardo Rio confidenciou que a sua equipa perdeu”justamente”, realçando que “é um momento de convívio que tem sido muito bem disputado ano após ano, mas este ano, infelizmente, a sorte não nos sorriu”. Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, “este é um jogo que tem marcado a celebração do aniversário da UMinho, demonstrando aquilo que a Universidade é hoje, uma entidade aberta à comunidade e que se relaciona com múltiplos parceiros com os quais tem desenvolvido um projeto fundamental para o desenvolvimento do território”, disse.

Também Rui Vieira de Castro assumiu que a UMinho “gosta muito de interagir com pessoas, instituições e organizações que estão para lá dela”, revelando que com este jogo “celebramos o aniversário da Universidade com eventos de natureza desportiva e conseguimos que participem pessoas de dentro e fora da Universidade. O Jogo das Estrelas exprime muito bem aquilo que são as orientações principais da Universidade, que são incentivar a prática desportiva e a interação com a sociedade”, afirmou.

Esta partida veio desempatar os historial de encontros, com esta vitória da Academia, esta tem agora quatro vitórias contra três da equipa das Instituições, tendo o empate acontecido por duas vezes.

Acerca Braga TV