Universidade do Minho apresenta primeira obra da UMinho Editora
Terça-feira , Agosto 20 2019 Periodicidade Diária nº 2183
Principal / Educação / Universidade do Minho apresenta primeira obra da UMinho Editora

Universidade do Minho apresenta primeira obra da UMinho Editora

A Universidade do Minho vai apresentar no próximo dia 17 de abril, pelas 16h30, na Galeria do Paço (ala nascente do Largo do Paço), a primeira obra da UMinho Editora. O livro “Abrir ‘o Paço’ à Cidade”, da autoria de Maria Manuel Oliveira, professora associada da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, debruça-se sobre o projeto de requalificação do antigo Paço Arquiepiscopal de Braga, onde está sedeada atualmente a Reitoria, a Biblioteca Pública e outros órgãos e serviços da UMinho.

O livro constitui uma edição conjunta entre a editora da UMinho e o Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT), uma unidade de Investigação da Escola de Arquitetura e do Instituto de Ciências Sociais da Universidade. A sessão de apresentação do livro será presidida pelo Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro e pela Vice-Reitora para a Cultura e Sociedade, Manuela Martins e a apresentação estará a cargo de Maria do Carmo Ribeiro, professora auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho.

“O desejo da Universidade do Minho em abrir o edifício do Largo do Paço à comunidade está na origem da proposta de reorganização espacial do antigo Paço Arquiepiscopal e do trabalho de investigação que a fundamentou, desenvolvidos por uma equipa no Centro de Estudos da EAUM. Ambos se encontram explanados neste livro”, frisa a autora que explica que “o processo envolveu, de uma forma muito próxima, as Reitorias atual e cessante, na pessoa dos seus reitores, assim como os atores mais envolvidos e empenhados na mudança preconizada para o edifício. Contou, também, com o resultado da uma longa investigação já desenvolvida anteriormente”. “Esta obra é, ainda, o resultado da auscultação feita a diversas personalidades, não só da Universidade do Minho, mas também figuras e entidades da sociedades civil”, sublinha Maria Manuel Oliveira, que destaca o objetivo primeiro do projeto como “a proposta de inclusão de uma nova valência no edifício, um núcleo expositivo que revelará não só o valioso espólio que a universidade alberga, como a história do próprio conjunto arquitetónico, que é um dos mais significativos, patrimonial e simbolicamente, na história da cidade”.

A UMinho Editora, o mais recente serviço da UMinho, foi lançada em fevereiro deste ano, por ocasião do 45º aniversário da instituição, tendo por objetivo a edição de livros e publicação de revistas por parte dos membros da comunidade académica ou de autores externos. Todos os seus serviços podem ser consultados em editora.uminho.pt. Com a criação da UMinho Editora, a Universidade cumpriu um antigo desígnio, passando a dispor de um novo instrumento para promover e difundir a produção científica e cultural da comunidade académica e a imagem da Instituição, prosseguindo e alargando a experiência consolidada da UMinho, ao longo dos últimos quinze anos, em matéria de acesso aberto ao conhecimento científico.

Nota biográfica da autora

Maria Manuel Oliveira, arquiteta pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto (1985) é, desde 1997, docente na Escola de Arquitetura da Universidade do Minho e desenvolve prática arquitetónica no âmbito do seu Centro de Estudos. Membro do Laboratório de Paisagens, Património e Território (LAB2PT), os seus interesses de investigação centram-se atualmente no campo da intervenção em património edificado e em áreas de abandono na cidade. Exerceu profissão liberal entre 1988 e 2002, tendo ainda trabalhado no Gabinete de Planeamento Urbanístico da Câmara Municipal de Guimarães, lecionado no Departamento de Arquitetura da Faculdade de Engenharia da Universidade de Angola e na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), onde integrou o Centro de Estudos.

Acerca Braga TV