UMinho desafia cidadãos a cuidar das abelhas e valorizar resíduos
Terça-feira , Agosto 20 2019 Periodicidade Diária nº 2183
Principal / Educação / UMinho desafia cidadãos a cuidar das abelhas e valorizar resíduos

UMinho desafia cidadãos a cuidar das abelhas e valorizar resíduos

A Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM) vai promover até setembro um concurso de fotografia, tertúlias em bares e um ciclo de oficinas abertas ao público em vários pontos do distrito de Braga. O projeto, batizado de “Ciência na Cidade!”, visa aproximar a ciência dos cidadãos e antecipar a Noite Europeia dos Investigadores (NEI), que se assinala a 27 de setembro.

O concurso de fotografia desafia as pessoas a captar a presença da ciência em qualquer cidade de Portugal. Os trabalhos podem ser enviados até 8 de setembro para o email neinvestigadoresbraga@gmail.com. O júri vai valorizar a qualidade técnica, a originalidade, a singularidade e a coerência das fotos. As melhores vão ser exibidas na NEI, no Altice Forum Braga, e depois na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

A 14 de setembro, às 10h00, há uma “doce viagem, do apiário à melaria”, em Paradela, Montalegre. Ao longo de um trilho em pleno Parque Peneda-Gerês conhece-se as abelhas, que vivem em média 40 dias, e os vários produtos da colmeia, com apoio local da Casa do Couto, que venceu em abril o Concurso Nacional do Mel, e da equipa do Scientia.com.pt.

Já na manhã de 20 de setembro, em Parada do Bouro, Vieira do Minho, visita-se dois sistemas de tratamento de águas residuais (ETAR) e os seus “biorreatores” – os leitos de plantas e o tanque de arejamento das lamas ativadas -, percebendo-se também o papel dos microrganismos na degradação da matéria orgânica na “água de esgoto”. A ação tem a parceria da Águas do Norte e visa consciencializar que as águas residuais não são “lixo”, mas um recurso-chave na economia circular.

No dia seguinte, às 9h30, a ECUM, no campus de Gualtar, em Braga, recebe o workshop “Compostagem doméstica”, em parceria com o projeto Res2ValHum e a Braval. A engenheira Susana Domingues vai falar dos cuidados a ter na compostagem e da lei sobre fertilizantes naturais, corretivos e adubos. Segue-se, nas hortas comunitárias da UMinho, a construção de um compostor com materiais simples e a demonstração de culturas obtidas com e sem composto de desperdícios alimentares e verdes. Para inscrições e mais detalhes sobre as várias atividades, basta consultar bit.ly/nei2019braga.

O festival “Pint of Science” também se associa às iniciativas, com uma “edição especial NEI” em Braga, nos dias 6, 13 e 20 de setembro, pelas 21h30, nos bares “Barhaus”, “Setra” e “Letraria”, respetivamente. O dia 6 é dedicado à origem da genética portuguesa e a viagens pelo mundo da geodiversidade, com os investigadores Pedro Soares (Centro de Biologia Molecular e Ambiental, CBMA) e Paulo Pereira (Instituto de Ciências da Terra). No dia 13, os temas incidem sobre as baterias amigas do ambiente e como valorizar a urina humana, com Maria Manuela Silva (Centro de Química) e Sónia Barbosa (Centro de Engenharia Biológica, CEB). Já no dia 20 fala-se do contributo da estatística para uma vida mais longa e dos desafios da ciência e tecnologia alimentar, com Pedro Afonso (CBMA) e Ricardo Pereira (CEB).

A NEI decorre a 27 de setembro em centenas de cidades da Europa e Israel. A ECUM volta a participar no movimento, através do consórcio “SCICITY – Ciência na cidade”, financiado pelas ações Marie Curie e que inclui ainda as universidades de Lisboa, Nova de Lisboa e de Évora, o ISCTE, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril e o Município de Lisboa. Em Braga está a ser preparado um programa especial para o Altice Forum, com atividades das 15h00 às 24h00. A NEI é promovida desde 2005 pela Comissão Europeia, com apoio de inúmeras entidades, afirmando a interação dos cientistas com o público, desde crianças a seniores, além de permitir descobrir a ciência de forma divertida e promover a investigação como carreira, explica o vice-presidente da ECUM e coordenador do projeto em Braga, José Brilha.

Acerca Braga TV