UMinho assegura financiamento superior a 1.6 milhões de euros em projetos de mobilidade Erasmus+
Quarta-feira , Outubro 16 2019 Periodicidade Diária nº 2240
Principal / Educação / UMinho assegura financiamento superior a 1.6 milhões de euros em projetos de mobilidade Erasmus+

UMinho assegura financiamento superior a 1.6 milhões de euros em projetos de mobilidade Erasmus+

No âmbito da candidatura institucional à Ação Chave 1 do Programa Erasmus+ em 2019, a Universidade do Minho obteve financiamento para mobilidades enquadradas no International Credit Mobility (ICM) de/para 41 países parceiros (mais oito comparativamente com 2018) fora da União Europeia. São eles: Africa do Sul; Albânia; Argélia; Argentina; Arménia; Austrália; Bielorrússia; Bolívia; Bósnia e Herzegovina; Camboja; Cabo Verde; Canadá; Cazaquistão; China; Colômbia; Cuba; EUA; Georgia; Indonésia; Japão; Jordânia; Kosovo; Laos; Líbano; Malásia; Marrocos; México; Mongólia; Moçambique; Nova Zelândia; Quirguistão; Palestina; Perú; Rússia; Síria; Tailândia; Taiwan; Tunísia; Ucrânia; Uruguai; Vietname.

Adicionalmente, foram financiados dois projetos coordenados pela UMinho. O projeto Joint Academic Mobility Scheme with the MIddle East and South (JAMIES), em associação com as universidades do Algarve, Nova de Lisboa, Porto e Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), surgiu com o intuito de apoiar o desenvolvimento e modernização de instituições de ensino superior na Jordânia, Líbano, Palestina, Síria e Tunísia. O UNorte International, especificamente orientado para a mobilidade de trabalhadores docentes e não docentes, pretende promover uma maior competitividade da UMinho, UPorto e UTAD no espaço europeu.

No total, e em conjunto com a habitual candidatura institucional para países do Programa Erasmus+, o financiamento obtido, superior a um milhão e seiscentos mil euros, permitirá a execução de cerca de 750 mobilidades para estudantes, docentes e pessoal técnico, administrativo e de gestão.

Acerca Braga TV