Ricardo Rio eleito Presidente da Assembleia do Eixo Atlântico
Terça-feira , Fevereiro 25 2020 Periodicidade Diária nº 2372
Principal / Notícias / Ricardo Rio eleito Presidente da Assembleia do Eixo Atlântico

Ricardo Rio eleito Presidente da Assembleia do Eixo Atlântico

Ricardo Rio foi eleito presidente da mesa de assembleia do Eixo Atlântico, sucedendo a José Maria Costa, presidente da autarquia de Viana do Castelo. A eleição decorreu esta sexta-feira, durante a reunião magna desta associação transfronteiriça, que teve lugar cidade da Maia.

Nesta Assembleia Geral, que contou com a participação do ministro do Ambiente do Governo português, Matos Fernandes, foi aprovado um segundo pacote de infra-estruturas para complementar a linha ferroviária do Minho, assim como as ligações pendentes na parte galega.

Este pacote prioriza a ligação Ferrol-A Coruña, a mais atrasada e com piores perspetivas de todo o Eixo Atlântico ferroviário e as ligações ferroviárias dos portos, como eixos principais na Galiza que complementem a saída sul de Vigo e o ‘T deitado’, Ourense-Lugo, Monforte-Palencia, sobre os quais o Eixo Atlântico tem vindo a trabalhar com ambos os ministérios há mais de um ano.

No caso concreto da linha Ourense-Lugo, e uma vez que já estão em curso os procedimentos para a sua electrificação e supressão de passagens de nível, entrando em funcionamento a variante de A Pobra de San Xiao, o Eixo Atlântico vai apresentar ao governo espanhol as variantes de Monforte Rubián e Os Peares sem as quais não haveria melhorias dos tempos.

Do lado de Portugal foi aprovado apresentar ao governo a ligação de Braga ao ‘bypass’ com a linha do Minho, aproveitando o canal que permanece reservado para o comboio de alta velocidade, o que converteria Braga na estação de passagem para a Galiza em vez do actual fim de linha. Também se aprovou propor a ligação ferroviária da linha do Minho com o aeroporto Sá Carneiro, e a interligação da linha do Vale do Vouga com a linha ferroviária do Norte com uma paragem no Europarque.

Nesta Assembleia foi aprovado o programa de ações para 2018 e orçamento que ascende a 4.652.722 euros. Entre as principais iniciativas do programa, destaque para o desenvolvimento do plano de ação da Agenda Urbana aprovada no Congresso de Braga, que constituirá um excelente catálogo de ações para candidaturas a fundos comunitários.

O Eixo irá promover através da RIET (Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças) a elaboração de um novo tratado de cooperação bilateral entre Espanha e Portugal que constitua um novo quadro jurídico para promover a cooperação.

A política de coesão no âmbito europeu através da Rede C4C (cidades para cooperação) da qual faz parte o Eixo Atlântico, assim como o desenvolvimento da cooperação transfronteiriça na América Latina através das organizações que pediram assessoria ao Eixo Atlântico: Bripaem, Observatório de Fronteira Uruguai Argentina, são iniciativas a desenvolver por esta associação do Norte de Portugal e da Galiza.

Também no âmbito das iniciativas estratégicas será promovida a adequação e melhoria do Caminho Português de Santiago e uma ação concertada com o Governo para lutar contra os incêndios.

Nesta Assembleia foi, ainda, eleita a nova comissão executiva da qual fazem parte os seguintes membros: Júlia Rodrigues (Mirandela), Domingos Bragança (Guimarães), Rui Moreira (Porto), Hernâni Dias (Bragança), Luísa Salgueiro (Matosinhos) e Ricardo Rio (Braga) como novo Presidente da assembleia.

Na parte galega, a comissão executiva é composta por Alfredo García (O Barco de Valdeorras), Abel Caballero (Vigo), Miguel Lores (Pontevedra), Xulio Ferreiro (A Coruña), Jesús Vázquez (Ourense) e Lara Méndez (Lugo).

Acerca Braga TV