Orçamento Participativo de Braga com 49 projetos em votação
Terça-feira , Outubro 23 2018 Periodicidade Diária nº 1882
Principal / Notícias / Orçamento Participativo de Braga com 49 projetos em votação

Orçamento Participativo de Braga com 49 projetos em votação

Decorre até 21 de outubro a primeira fase de votação dos projectos submetidos ao Orçamento Participativo (OP) do Município de Braga. Em votação estão 49 propostas oriundas de diversos pontos do concelho e que abrangem sete áreas de intervenção.

A votação pode ser feita no portal http://participe.cm-braga.pt, sendo que os cidadãos inscritos podem votar em sete projetos, escolhendo aquele que consideram mais importante em cada uma das áreas em que foram apresentados.

Na área da ‘Cultura e Património (material e imaterial)’ estão em votação 12 projetos: Igreja Matriz Velha de Lomar (Lomar e Arcos); Monumento Procissão da Burrinha (S. Victor); Braga Castreja (Este S. Pedro e S. Mamede); Ludoteca Municipal de Braga (S. José de S. Lázaro e S. João do Souto); ‘A solo com o Decateto de Metais’; Valorização do Castelo de Braga e muralhas medievais. O passado na calçada’ (S. José de S. Lázaro e S. João do Souto); Casa do Associativismo (Vilaça e Fradelos); ‘Art’ IN’; ‘Das Sete Fontes à Fonte de Infias’ (S. Vicente); Centro Etnográfico e Desenvolvimento Cultural de Mire de Tibães (Mire de Tibães); Ópera juvenil ‘Eram tudo memórias de alegria’; ‘Memórias do Castelo de Braga; Valorização do Património através da participação dos comerciantes’ (S. José de S. Lázaro e S. João do Souto).

Na área ‘Desporto, Saúde e Bem-Estar’ incluem-se também 12 propostas: Implementação de outras valências no rocódromo de escalada (Gualtar); Requalificação dos Balneários do Ringue de Padim da Graça’; Balneários (Merelim S. Paio, Panoias e Parada de Tibães); Formação de Jovens Talentos (Adaúfe); Pavimentação e vedação Parques de Fitness (Crespos e Pousada); Requalificação do Polidesportivo de Crespos (Crespos e Pousada); Feira da Saúde e Desporto; Requalificação do campo de futebol de Tebosa; Cobertura de ringue desportivo de Oliveira (Guisande e Oliveira S. Pedro); Edifício de apoio ao Campo da Caseta (Nogueira, Fraião e Lamaçães); (Re)Tradição; Construção zona Coberta para exercício físico Parque Desportivo da Rodovia (S. Victor).

Em ‘Ecologia, Ambiente e Energia’ estão quatro propostas: Observatório Solar de Braga (Gualtar); Festival Braga Sounds Better (S. José de S. Lázaro e S. João do Souto); ‘Para uma Quinta Pedagógica realmente pedagógica’; Projeto ACER – Análise, Captura, Esterilização e Restituição.

Na área de ‘Equipamentos e Espaços Públicos’ estão nove projetos: PAVAC – Passos Audiovisuais (Cabreiros e Passos S. Julião); Requalificação da zona envolvente da Fonte de Aires (Padim da Graça); Espaço Comunitário – Edifício JI de Oliveira (Guisande e Oliveira S. Pedro); Praia Urbana (S. Victor); Arranjo urbanístico do Tanque e área envolvente (Crespos e Pousada); FUN FOR ALL – Parque Infantil Inclusivo (S. Victor); Requalificação parque de merendas Ribeiro dos Prados (Figueiredo); Reabilitação da Escola do Padrão (Tadim); APPACDM – Vamos dar Cobertura a este Projecto (Gualtar)

Em ‘Solidariedade e Coesão Social’ incluem-se sete propostas: Idade Maior Braga Oeste (Sequeira); Acolher Melhor (Nogueira, Fraião e Lamaçães); ‘Braga Social Connection’; Centro Comunitário para as Artes e Tecnologias (Gualtar); Dar asas para voar (S. José de S. Lázaro e S. João do Souto); PISTA – Projeto de Identificação da Sobredotação e do Talento em Alunos do 1.º Ciclo; Concretizar sonhos (Palmeira).

Na área ‘Trânsito, Mobilidade, Acessibilidades e Segurança Rodoviária’ estão em votação três projectos: Rotunda na Av. Robert Smitt (Nogueira, Fraião e Lamaçães); Criação do Dístico Verde Auto (Maximinos Sé e Cividade); Estudo para conclusão do anel ferroviário no Minho (Guimarães-Braga-Barcelos) (Maximinos, Sé e Cividade).

Por fim, na área ‘Turismo, Comércio e Promoção Económica’ encontram-se em votação duas propostas: Centro Interpretativo dos Abades de Priscos; Voar mais alto (Palmeira).

Recorde-se que ao OP 2019 foram submetidas 73 propostas, sendo que apenas 49 passaram à fase de votação.

Segunda fase de votação arranca a 22 de outubro

A segunda fase de votação decorrerá de 22 de outubro a 4 de novembro, cada cidadão escolhe um projeto entre os trinta e cinco apurados na primeira fase. Os projetos mais votados serão apresentados publicamente em novembro.

De referir que o montante destinado aos projetos do OP 2019 é de 650 mil euros, sendo que cada projeto deve ter um custo global igual ou inferior a 85 mil euros.

Acerca Braga TV