Ministro da Educação apresenta na UMinho resultados da autonomia curricular de 230 escolas
Domingo , Agosto 25 2019 Periodicidade Diária nº 2188
Principal / Educação / Ministro da Educação apresenta na UMinho resultados da autonomia curricular de 230 escolas

Ministro da Educação apresenta na UMinho resultados da autonomia curricular de 230 escolas

Os resultados do projeto-piloto de flexibilidade e autonomia curricular em 230 escolas do país vão ser apresentados esta sexta-feira e sábado na Universidade do Minho, durante o seminário ‘Currículo, Inovação e Flexibilização’. O projeto-piloto inclui, por exemplo, professores de várias disciplinas a lecionar na mesma sala, em simultâneo e de forma quase individualizada. O evento conta na abertura com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e no fecho com o secretário de Estado da Educação, João Costa. A iniciativa organizada pelo Departamento de Estudos Curriculares do Instituto de Educação da UMinho, com apoio do Centro de Investigação em Educação (CIEd), decorre no campus de Gualtar, em Braga, e envolve palestras, mesas redondas, comunicações e lançamento de livros.

A abertura está marcada para sexta-feira, às 14h30, no auditório B1, com o ministro Tiago Brandão Rodrigues, o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, e o presidente do IE, José Augusto Pacheco. A conferência inaugural ‘Flexibilidade curricular em análise: da oportunidade a uma prática consistente’ cabe a Cândido Varela de Freitas, da UMinho. Segue-se uma mesa redonda com os professores Carlinda Leite, Jesus Maria de Sousa, Luís Tinoca e António Gomes Ferreira, respetivamente das universidades do Porto, da Madeira, de Lisboa e de Coimbra. Pelas 19h00 são lançados os livros ‘Estudos Curriculares’ e ‘Dimensões dos Processos Educacionais: da Epistemologia à Profissionalidade Docente’.

Secretário de Estado da Educação no encerramento

O programa passa no dia seguinte para o auditório do IE, a curta distância. Inicia às 9h00 com comunicações livres e, às 10h45, há uma mesa redonda com Jorge Morais (Ministério da Educação), Filinto Lima (presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas), Luís Fernandes (Agrupamento de Escolas do Freixo – Ponte de Lima) e Helena Queirós (Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga). De tarde destaca-se às 16h15 a conferência ‘Inovação e flexibilização curriculares como acontecimento’, por José Augusto Pacheco e, às 17h15, a sessão de encerramento, com o secretário de Estado da Educação, a vice-reitora da UMinho para a Educação, Margarida Casal, e a diretora do CIEd, Laurinda Leite.

O seminário vai analisar os resultados do primeiro ano de experiência da tutela nos projetos de inovação e flexibilização em curso nos ensinos básico e secundário nacional. Essa experiência pretende a redução significativa do insucesso e abandono escolares, apoiada em mudanças nos aspetos organizacionais, curriculares e pedagógicos. O insucesso escolar é um aspeto crítico do sistema educativo, com reflexos na qualidade das aprendizagens. As políticas transnacionais e nacionais tendem a valorizar a centralidade à escola e à sala de aula, além da flexibilização curricular e da inovação pedagógica, cujos aspetos vão ser também aprofundados no evento.

Acerca Braga TV