Miguel Corais defende direito dos feirantes
Sábado , Abril 4 2020 Periodicidade Diária nº 2411
Principal / Notícias / Miguel Corais defende direito dos feirantes

Miguel Corais defende direito dos feirantes

Miguel Corais, candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Braga, acusa frontalmente a administração da ‘InvestBraga’ e o Município de não planearem nem acautelarem os interesses dos feirantes, a propósito da requalificação do Parque de Exposições de Braga.

“Todo o planeamento e preparação prévia da requalificação, deveria contemplar uma solução de compromisso com os feirantes. Sei que é um processo difícil e delicado. Exige-se, no entanto, nestas situações uma negociação colectiva e individual.”, referiu Miguel Corais.

O candidato do PS marcou presença na manifestação desta terça-feira à frente do Município, referindo “que não tendo havido a devida articulação e respeito por aqueles que trabalham, o município municipal demonstra mais uma vez total desconsideração por quem vive do rendimento que aufere a muito custo”.

Miguel Corais fez saber ainda que com ele à frente da autarquia haverá necessariamente uma visão mais humanista e respeito absoluto por quem trabalha, adiantando que “só há duas soluções possíveis: a InvestBraga investir nas condições necessárias e suficientes para os feirantes poderem desenvolver a sua actividade com condições dignas, ou então, fechar toda a Avenida Francisco Pires Gonçalves e o Parque da Ponte”. Miguel Corais relembrou que “considerando esta segunda alternativa será necessário o envolvimento da arquidiocese ou da paróquia”.

O candidato afirmou ainda que “como não houve a mínima preocupação durante todos estes meses em que se sabia que a obra ia iniciar, agora vão ter que encontrar uma solução, custe o que custar, pois estamos no início do Verão, que é a melhor altura para as vendas dos feirantes. Estes não podem ser prejudicados, por causa das obras do Parque de Exposições e pela incapacidade do município em antecipar este problema.”

O candidato do PS recorda ainda que, enquanto administrador do Parque de Exposições de Braga, houve necessidade de reduzir o espaço do recinto da feira e efetuar alteração da localização dos feirantes, aquando da requalificação do Rio Este. “À época envolveu-se os feirantes (em especial os visados), o anterior executivo, os serviços municipais e encontrou-se uma solução de compromisso. Dá-me impressão que desta feita não quiseram enfrentar o problema de frente e deixou-se a situação chegar a este ponto”, concluiu o Miguel Corais.

Acerca Braga TV