Literatura infantil chinesa apresentada em Braga
Quarta-feira , Novembro 14 2018 Periodicidade Diária nº 1904
Principal / Cultura / Literatura infantil chinesa apresentada em Braga

Literatura infantil chinesa apresentada em Braga

A Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, recebe até 30 de outubro a exposição de literatura infantil chinesa ‘Sonhos Coloridos do Oriente’, com 150 obras de autores premiados. À volta desta mostra vão decorrer horas do conto, oficinas, apresentações e performances teatrais. A organização cabe ao Instituto Confúcio da Universidade do Minho (ICUM).

Esta quarta-feira, dia 17, decorrem às 11h00 e 15h00 momentos de leitura de contos chineses, acompanhados da respetiva tradução. O formato repete-se no dia 24. Já esta sexta-feira, às 17h00, realiza-se uma cerimónia do chá, enquanto para segunda-feira, dia 22, estão previstas de manhã oficinas de pintura e de nó chinês e, às 15h00, a apresentação do livro ‘Os pássaros também se sentam’, com a autora Nanni Pinto, que vai trazer ainda uma pequena mostra de ilustrações suas. No dia 29, às 11h00 e 15h00, vai decorrer a sessão ‘Teatro de sombras: Wu Song derrota o tigre’, pelo Grupo de Teatro de Sombras do Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro, e no dia seguinte, às 17h00, há um espetáculo de dança protagonizado pelo ICUM. A entrada nos eventos é livre, mas limitada aos lugares existentes.

A literatura infantil chinesa é considerada uma área emergente na cultura mundial do século XXI. Os trabalhos surgem em múltiplos formatos, estilos e materiais, como tinta-da-China, batik, corte de papel, técnicas manuais mistas e 3D. Os temas abordados incluem lendas, fábulas, natureza, vida e ficção, transmitindo mensagens morais e representações sociais, por exemplo, para ajudar a compreender o mundo e a sugerir outras visões. Yu Dawu, Zhu Chengliang e Yanan Dong são alguns autores chineses famosos.

Acerca Braga TV