José Peseiro: “É ganhar ou ganhar”
Segunda-feira , Janeiro 20 2020 Periodicidade Diária nº 2336
Principal / Desporto / José Peseiro: “É ganhar ou ganhar”

José Peseiro: “É ganhar ou ganhar”

not-peseiro

“Ganhar ou ganhar”. Quem o diz é José Peseiro que, na conferência de antevisão à partida com o Konyaspor, a contar para a 4.ª jornada do Grupo H da UEFA Europa League, deu conta da ambição dos Gverreiros do Minho para uma jornada decisiva em mais uma caminhada europeia. “É ganhar ou ganhar. Não temos outra hipótese e não vale a pena estar enfatizar outra coisa qualquer. Temos que vencer amanhã. É um objetivo e uma ambição que queremos concretizar.”, referiu.

Desafiado a apontar os aspetos em que a equipa tem que melhorar – comparativamente ao jogo na Turquia – José Peseiro defendeu que o grupo necessita de ser mais agressivo e assertivo no último terço, salientando que os seus jogadores estão conscientes daquilo que têm que fazer no jogo desta quinta-feira. “Temos de ser mais agressivos, decidir melhor e ser mais competentes no último terço. A cada jogo falamos e avaliamos o mesmo, de forma a potencializar aquilo fazemos de bom e a melhorar o que não fazemos tão bem. Temos noção daquilo que fizemos, aquilo que o adversário fez e o que teremos que fazer. Esperamos fazer um jogo condizente com a nossa capacidade e a nossa filosofia de jogo. Vamos defrontar uma equipa que sofre poucos golos e que acredita que pode passar, mas nós acreditamos tanto ou mais que podemos vencer este jogo.”, salientou.

Os Gverreiros do Minho ocupam o 3.º lugar com 20 pontos, os mesmos do 2.º FC Porto e José Peseiro reconhece que as vitórias trazem confiança. Contudo, o técnico defende que os ‘momentos’ não jogam e que a sua equipa terá que entrar focada. “Aqui pouco conta os que estamos a fazer na Liga NOS. O que realmente conta é o que teremos que fazer amanhã. É evidente que as vitórias nos trazem confiança, mas sabemos que os jogos se ganham e resolvem no relvado e é nisso que temos que estar focados.”, disse.

O técnico bracarense assumiu, ainda, que jogar no Estádio Municipal de Braga é sempre uma vantagem e que o carinho dos adeptos torna a sua equipa inevitavelmente mais forte. “Para nós é sempre uma vantagem jogar em casa, diante dos nossos adeptos. Independentemente daquilo que o adversário pretende – certamente ainda tem aspirações – tem que prevalecer a nossa vontade e aquilo que queremos para o jogo. Respeitamos o adversário e sabemos as dificuldades que vamos ter, mas contamos com o valor que a nossa equipa tem”, disse acrescentando: “Os nossos adeptos sabem o quão são importantes para nós e o quão é importante o ambiente no estádio. Esperamos que os nossos adeptos compareçam em mais um jogo importante, em que temos que vencer. Acreditamos que somos fortes, mas com eles as coisas ficam menos difíceis,”, concluiu.

Texto e Foto: Sporting Clube de Braga

 

Acerca Braga TV