Gnration e INL renovam parceria que cruza a arte com a nanotecnologia
Terça-feira , Setembro 17 2019 Periodicidade Diária nº 2211
Principal / Notícias / Gnration e INL renovam parceria que cruza a arte com a nanotecnologia

Gnration e INL renovam parceria que cruza a arte com a nanotecnologia

Com vista à continuidade do trabalho conjunto desenvolvido desde abril de 2016, o gnration e o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) anunciaram a renovação da parceria por mais três anos.

Assim, de 2018 a 2020, a galeria INL – localizada no edifício gnration – continuará a apresentar trabalhos artísticos que aproximam arte e nanotecnologia, colocando artistas junto de investigadores, propagando a aproximação da comunidade à nanotecnologia e à arte. A renovação da parceria permitirá, também, a introdução de novas variáveis, onde se incluirá uma componente pedagógica a partir de 2018.

Fruto de um projeto-piloto intitulado ‘Scale Travels’, a galeria INL foi visitada por cerca de 5000 pessoas no primeiro semestre de 2017 e alcançou um alcance mediático estimado de 3.858.218 pessoas, tendo recebido instalações sonoras e audiovisuais dos artistas portugueses Rui Dias e Fernando José Pereira, do norte-americano Pierce Warnecke, do holandês Tarik Barri e, mais recentemente, do português Pedro Rebelo.

De acordo com Ricardo Rio, esta parceria é ‘extremamente importante’ porque permite ao gnration ‘ligar a componente artística e cultural à inovação, juventude e criatividade’. “É um bom testemunho do que queremos que seja o papel do edifício no contexto da nossa comunidade. Ao mesmo tempo permite ao INL reforçar a sua abertura à comunidade tornar acessível a ciência e o conhecimento que produzem”, afirmou, referindo também que este projeto é uma ‘mais-valia’ para a candidatura de Braga a Cidade Criativa da Unesco na área das media arts.

Segundo o diretor do INL, Lars Montelius, o programa Scale Travels permite alcançar a comunidade e, em especial, uma audiência que normalmente não visitaria o INL ou trabalharia com os seus investigadores.

“Estamos muito felizes com os resultados das duas primeiras fases do programa, alcançados não só aqui em Braga, mas também junto dos cerca de 4 milhões de pessoas em todo o mundo através de várias atividades de disseminação. Gostaríamos de levar o projeto Scale Travels ainda mais longe na próxima fase do programa. A duração de três anos possibilitará novas dimensões e caminhos a serem explorados, incluindo experiências de co-criação, não só entre um artista e um cientista, mas também através de programas interativos no gnration”, referiu.

Em 2017 a galeria INL encerrará com uma obra audiovisual do conceituado artista japonês Ryoichi Kurokawa, vencedor do Golden Nica – Prix Ars Electronica e com trabalho exibido na Bienal de Veneza, Tate Modern ou Transmediale. O conceituado artista esteve em residência artística em maio deste ano na cidade de Braga. Durante uma semana, Kurokawa esteve em contacto direto e constante com investigadores do INL, onde teve a oportunidade de aprofundar conhecimentos sobre nanotecnologia que o permitiram elaborar o trabalho artístico que apresentará em estreia mundial.

As visitas à galeria INL são gratuitas e decorrem no período normal de funcionamento do gnration.

Acerca Braga TV