Freguesia de S. Victor une avós e netos
Terça-feira , Agosto 20 2019 Periodicidade Diária nº 2183
Principal / Freguesias / Freguesia de S. Victor une avós e netos

Freguesia de S. Victor une avós e netos

A Junta de Freguesia de S. Victor promoveu a XIII edição da atividade ‘Unir Gerações’, mítico passeio de avós e netos em clássicos automóveis, numa parceria com a Bicavalaria do Minho e o Clube 4L (Núcleo Norte).

A Autarquia de S. Victor tem privilegiado ações de estímulo e reforço do conceito Família, juntando mais de 160 avós e netos da freguesia numa visita ao concelho de Amares. Este encontro intergeracional iniciou-se na Junta de Freguesia, com as boas-vindas de Ricardo Silva, presidente de S. Victor, Paulo Torres, presidente da Bicavalaria do Minho e de Mário Carvalho, presidente do Clube 4L (Núcleo Norte). O convívio prosseguiu ao Convento de Montariol onde todos os participantes puderam usufruir de um pequeno-almoço conventual.

A viagem nos Citröen 2Cv e Renault 4L seguiu para a Quinta ‘Casa Lata’, em Amares, onde a comitiva de S. Victor foi recebida com uma prova de vinhos da região, num ato de conhecimento dos produtos da terra.

Após o almoço, a Junta de Freguesia procedeu à entrega de uma lembrança, a cada motorista dos automóveis clássicos, relativa ao Passeio ‘Unir Gerações’, constituída por uma peça de artesanato, da autoria de Cristina Aguiar, que representava os Citröen 2Cv, as Renault 4L, os avós, os netos e o motorista da viatura.

Um dos momentos mais emotivos deste encontro foi a identificação do ‘Neto mais Novo’, personalizado por Vicente Fernandes, de apenas 4 anos e do ‘Avô há mais Tempo’, título ostentado por Alzira Pereira, de 92 anos. Esta iniciativa visou estimular o convívio intergeracional e saber celebrar a vida, independentemente da idade.

Ricardo Silva reiterou a aposta na dinâmica da família, lembrando que a intergeracionalidade é a garantia da partilha das experiências, mas também a certeza de uma adaptação aos novos tempos, pelo
que avós ensinam os netos e os netos auxiliam os avós. O presidente lembrou que a Junta de Freguesia tem preocupações no combate ao isolamento sénior e que “esta iniciativa, além de unir avós e netos, serve, como exemplo moral, de que se deve estimar e acarinhar o que o tempo preservou com muitos anos de vida”.

Presente no encontro esteve a vereadora da Educação e da Cultura do Município de Braga, Lídia Dias, que congratulou a Junta de Freguesia de S. Victor por dedicar uma iniciativa aos Avós e Netos, incentivando ao respeito e à união familiar, como aposta no futuro. “Os valores da Família são a base de uma educação sustentada e numa sociedade inquieta e a sofrer tantas transformações, é confortante saber que há quem zele pelos valores da Família”, afirmou.

Acerca Braga TV