Estacionamento abusivo aumenta em Braga
Quarta-feira , Julho 17 2019 Periodicidade Diária nº 2149
Principal / Freguesias / Estacionamento abusivo aumenta em Braga

Estacionamento abusivo aumenta em Braga

Na sequência do aumento do estacionamento abusivo que a cidade de Braga está a ter nestes últimos tempos, juntamente com o aumento das queixas dos moradores e dos peões com mobilidade reduzida na União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, Luís Pedroso, presidente desta União de Freguesias, mobilizou-se para encontrar soluções para esta problemática que está a afetar a cidade.

A terceira maior cidade do país tem tido um aumento significativo de viaturas na circulação das vias que dão acesso à cidade, bem como no centro da cidade, impedindo, maioritariamente, a um melhor fluxo de circulação.

Braga também se tem deparado com um estacionamento desorganizado em que os condutores estacionam por cima dos jardins, nas zonas reservadas ao acesso dos camiões de recolha de lixo, deixando os carros em cima dos passeios, impedindo a passagem dos peões, que muitas das vezes são crianças, idosos, mães com carrinhos de bebés e pessoas com mobilidade reduzida.

De acordo com Luís Pedroso, esta é uma “má conduta cívica” por parte dos condutores e faz um apelo ao Ministro da Administração Interna para que possa colocar mais policiamento nas ruas de Braga e reorganizar o estacionamento da cidade. “Atualmente os cidadãos e mesmo aqueles com mobilidade reduzida não podem circular nos passeios nem mesmo nos jardins, porque os condutores usam-nos para estacionar as suas viaturas. Isto acontece porque não há policiamento. Os condutores sabem perfeitamente que ao estacionarem o carro em cima do jardim durante todo o dia, não vão ser autuados, ou se estacionarem em cima de um passeio, também não vão ser autuadas”, sublinhou Luís Pedroso.

Esta situação levou a que o presidente da União de Freguesias se deslocasse à Bragaparques Estacionamento para encontrar soluções de aparcamento com condições vantajosas para os moradores. “O Ministro da Administração Interna tem de olhar para Braga porque atualmente deve ser a pior cidade do país relativamente ao trânsito. Todos os dias, as cargas e as descargas, linhas amarelas e passeios estão ocupados com carros estacionados. Por isso, peço ao Ministro que encontre uma solução para este problema, pois não é só de segunda a sexta. Também durante o fim de semana, o Centro Histórico fica caótico e porquê? Porque não há fiscalização e os condutores sabem que ao estacionarem assim os carros, não serão penalizados”, rematou o presidente.

 

Acerca Braga TV