Candidatura de Celeirós quer Estrada Nacional transformada em Avenida
Domingo , Agosto 18 2019 Periodicidade Diária nº 2181
Principal / Freguesias / Candidatura de Celeirós quer Estrada Nacional transformada em Avenida

Candidatura de Celeirós quer Estrada Nacional transformada em Avenida

Transformar a Estrada Nacional – Avenida de S. Lourenço – que atravessa a freguesia de Celeirós, numa Avenida que não seja apenas no nome, mas alterando por completo o seu perfil, com redução de velocidade, semaforização, colocação de lombas e outras intervenções que levem à melhoria da qualidade de vida e segurança das pessoas que vivem e trabalham naquele eixo, foi uma das ideias chave apresentadas pela cabeça de lista do Bloco de Esquerda à União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, Filipa Costa.

Do coreto junto à Igreja da Senhora do Parto, em Aveleda, Filipa Costa falou da sua “descontinuidade e desorganização,  com piscinas ao lado de fábricas, centros de saúde paredes meias com um tráfico intenso e poluidor”, para defender a necessidade de qualificar o espaço público, nomeadamente com a edificação de passeios sempre onde isso seja possível e o rearranjo de ruas (nomeadamente no Sr. da Paciência, em Macada, na Avenida de Santa Ana, e ainda na zona da Garapoa e nas ruas da Lage e de Gondufe (Aveleda). A candidata defendeu também a criação e redesenho de zonas e parques de lazer e infantis.

A cabeça de lista do Bloco recordou que é a primeira vez que o Bloco de Esquerda apresenta uma candidatura naquelas freguesias e descreveu a sua lista como “jovem, paritária, proveniente de várias áreas do trabalho e formação e conhecedora do território”. Defendeu o diálogo com as diversas instituições, do Centro de Formação Profissional à Alfândega, do Centro de Saúde às escolas, a auscultação da população sobre a manutenção da União de Freguesias e uma maior transparência e informação sobre os atos da Junta, decisões e reuniões da Assembleia de Freguesia, que devem ser publicitados no site da União.

“A despoluição do Rio Este, a limpeza das matas, a monitorização da poluição e do ruído no Parque Industrial de Celeirós, ele próprio a precisar também de urgente reabilitação, a melhoria da acessibilidade entre as três freguesias com a criação de uma carreira urbana de circulação entre freguesias, ligando a estação de Aveleda ao Senhor da Paciência, com passagem em Macada e na Garapoa, servindo tanto o polo industrial como as escolas da união”, foram outras propostas apresentadas por esta geógrafa de 26 anos, que prometeu “fazer a diferença na Assembleia de Freguesia. “Iremos ser mais exigentes, intervenientes e atentos mas também colaborantes”, concluiu.

Acerca Braga TV