Braga vai ter a ‘rua mais inteligente do país’
Terça-feira , Setembro 17 2019 Periodicidade Diária nº 2211
Principal / Notícias / Braga vai ter a ‘rua mais inteligente do país’

Braga vai ter a ‘rua mais inteligente do país’

Foi assinado hoje o protocolo referente à implementação de um projeto-piloto, intitulado ‘BSmartMob’, que irá possibilitar a criação de um troço de piso inteligente, sobretudo vocacionado para peões e ciclistas, numa extensão de cerca de 1km entre a Rotunda Santos da Cunha e a Rotunda da Estação de Comboios da CP.

As novidades na referia rua contemplam, entre outros aspetos, produção de energia a partir do solo, uma zona de coexistência com indicação do caminho de luzes inteligentes, zona de carga das bicicletas elétricas, sistema de monotorização de tráfego 3D, passadeiras, lombas e semaforização inteligentes.

Trata-se de um projeto de cerca de cinco milhões de euros que foi submetido à ‘Urban Innovative Actions’, uma linha de financiamento direta da União Europeia, e que conta com a participação do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), da Universidade do Minho (UM), do Centro de Computação Gráfica (CCG) e de parceiros empresariais – NOS, Siemens, UOU e Sernis.

O resultado da candidatura submetida será conhecido até final do presente ano, seguindo-se um período de um ano e meio para a realização de testes da tecnologia em laboratório e outro período posterior, entre 6 meses a um ano, para a efetiva implementação no terreno.

A concretização deste projeto permitirá, segundo Miguel Bandeira, vereador da Câmara Municipal de Braga, criar a ‘Rua mais inteligente do país’. “Trata-se de um projeto cuja principal característica diferenciadora é o facto de reunir a investigação de excelência do INL, do CCG e dos centros de investigação da UM, no caso o ALGORITMI e o CTAC, com os produtos inovadores das empresas associadas. Esta junção entre investigação e tecnologia, aplicada de modo experimental num território que podemos considerar um laboratório vivo, permitirá certamente a criação de soluções inovadoras, que poderão, no futuro, ter uma abrangência mais alargada”, referiu.

Por seu turno, Ricardo Rio, referiu que este é mais um passo no esforço desenvolvido pelo Executivo Municipal de ‘navegar por mares nunca dantes navegados’. “O projeto vem no seguimento das prioridades estratégicas assumidas de promover uma mobilidade sustentável no território, de implementar uma gestão mais inteligente da cidade e de promover o trabalho em rede entre Município, instituições de investigação e parceiros empresariais para encontrar soluções de ponta que venham a melhorar a qualidade de vida da população e que, ao mesmo tempo, tenham implicações económicas bastante positivas para o concelho”, concluiu o autarca.

Acerca Braga TV