Braga incorpora rede das “Cidades Resilientes” que trabalham para reduzir risco de catástrofe
Quinta-feira , Fevereiro 20 2020 Periodicidade Diária nº 2367
Principal / Notícias / Braga incorpora rede das “Cidades Resilientes” que trabalham para reduzir risco de catástrofe

Braga incorpora rede das “Cidades Resilientes” que trabalham para reduzir risco de catástrofe

O Município de Braga viu aprovada a candidatura à iniciativa da “Cidades Resilientes”, enquadrada na United Nations International Strategie for Disaster Reduction (UNISDR), cujo objetivo passa por incentivar cada cidade a estudar, desenvolver e implementar medidas que contribuam para a redução do risco de catástrofe, o aumento da capacidade de resposta e de recuperação das consequências.

O documento, que oficializa a entrada de Braga nesta iniciativa da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes, foi assinado por Ricardo Rio e pela representante especial das Nações Unidas para a Redução dos Riscos de Catástrofes, a diplomata Mami Mizutori.

Com a adesão a esta rede, Braga está agora ainda mais empenhada em desenvolver ações de prevenção, de preparação e de mitigação de riscos naturais, humanos e tecnológicos a nível local, nomeadamente no envolvimento das comunidades locais e de outros agentes com especial relevância na redução de riscos, como já é exemplo a constituição de Unidades Locais de Proteção Civil, o projecto “Cuidar Braga” entre outras que se pretendem implementar, disseminar e potenciar no território.

De referir que a campanha “Making Cities Resilient – My City is Getting Ready”, através do Fórum Europeu para Redução do Risco de Catástrofes, desenvolve espaços de partilha e discussão dos mais variados aspetos relacionados com a redução de riscos de catástrofes numa plataforma global e nacional, encorajando os governos locais à implementação de medidas que contribuam para o aumento da resiliência à catástrofe.

Acerca Braga TV