Sábado , Dezembro 9 2017 Periodicidade Diária nº 1564
Principal / Cultura / Braga Barroca reforça identidade bracarense

Braga Barroca reforça identidade bracarense

Concertos, visitas guiadas, workshops, teatro, um concurso nacional de cravo e recriações históricas integram o programa da Braga Barroca 2017, um evento que o Município de Braga realiza entre os dias 20 e 24 de setembro e que celebra um dos períodos áureos da história da cidade.

Na apresentação da quarta edição do evento, que decorreu hoje no Palácio do Raio, Ricardo Rio, salientou o facto de estar a surgir em Braga uma “verdadeira indústria cultural com a realização de iniciativas e eventos que têm um impacto muito positivo em termos económicos, contribuindo ainda para o reforço da nossa identidade e da salvaguarda do património”.

O autarca lembrou que a Braga Barroca não surge por acaso, integrando uma estratégia de valorização patrimonial. “Ano após ano temos tido um programa que cresce em ambição e diversidade, demonstrando que esta foi uma aposta ganha por parte deste Executivo Municipal, desde logo pelo envolvimento das entidades parceiras, mas sobretudo pela recetividade que os bracarenses tiveram desde a primeira edição”, salientou Ricardo Rio.

A Braga Barroca 2017 – que assinala também as Jornadas Europeias do Património – pretende fornecer uma experiência abrangente, através de ações de âmbito artístico que procuram recriar hábitos e tipologias de vida, e envolver progressivamente a cidade e os seus agentes.

Já para a vereadora da Cultura, Lídia Dias, o evento “cresceu de forma sustentada e com a parceria das instituições e associações do concelho”. “A Braga Barroca conta com as parcerias da Santa Casa da Misericórdia de Braga, a Biblioteca Pública, a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, o Cabido Metropolitano da Sé, Conselho Cultural da UMinho, do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, da Irmandade de Santa Cruz, do Seminário de S. Pedro e S. Paulo e ainda do movimento associativo do concelho que fazem da Braga Barroca um evento único e muito apelativo”, referiu Lídia Dias.

Este ano não faltarão ensejos para a descoberta da Braga Barroca. Sons, sabores, visitas guiadas, encenações, entre outros momentos de aprendizagem serão proporcionados a todos os públicos. Este ano o programa conta com uma exposição dedicada a um dos vultos da pintura barroca em Portugal. No Palácio do Raio estarão reunidas obras referência de Josefa de Óbidos, provenientes de diversas localidades, e que podem ser vista até 20 de outubro.

Concertos com a Orquestra Barroca da Casa da Música, com a Sinfonieta de Braga, com o ensemble Harawi e com a Capella Musical da Fundação Cupertino de Miranda, o Sarau Barroco, as visitas encenadas fazem parte do programa deste ano que inclui, igualmente, animação de ria, uma mostra de sabores setecentistas e a demonstração de artes e ofícios da época.

Acerca Braga TV