Bracarenses convidados a integrar Grupo Folclórico da Universidade do Minho
Segunda-feira , Setembro 23 2019 Periodicidade Diária nº 2217
Principal / Cultura / Bracarenses convidados a integrar Grupo Folclórico da Universidade do Minho

Bracarenses convidados a integrar Grupo Folclórico da Universidade do Minho

Captura de ecrã 2017-02-09, às 11.31.20

O Grupo Folclórico da Universidade do Minho teve a sua estreia no dia 22 de junho de 1993, integrada nas festas sanjoaninas da cidade. A sua criação prende-se com os objetivos de recolher, preservar e divulgar toda a cultura do Baixo Minho tão rica e tão diversa em tradições. O GFUM é um legítimo defensor deste património cultural que dá a conhecer as mais variadas manifestações típicas da cultura do povo minhoto: o trajar, o cantar e o dançar nos finais do séc. XIX inícios do séc. XX, procurando despertar na juventude da academia o respeito e a valorização desta cultura.

João Sequeira, tocador de violino do GFUM, referiu que o grupo é diferente dos outros grupos da Universidade, que para além de ter as raízes minhotas, vive-se um espírito diferente. “O GFUM é um grupo cultural diferente dos outros na UMinho porque não há mais nenhum grupo que toque com tanta força nas raízes minhotas como este. Efetivamente, envergamos roupas que se usavam antigamente, fazemos a música que se fazia durante décadas, mas também é um grupo diferente pelo espírito que se vive. O GFUM não é só feito de estudantes da Universidade, temos gente vinda de todos os cantos de Braga, de todas as idades, de espíritos com histórias diferentes para contar.”, disse.

Ana Rita Araújo, dançarina e cantadeira do GFUM, deixa um apelo à comunidade para comparecer nos ensaios onde a alegria não falta. “Os ensaios às terças-feiras são sempre muito alegres onde a música e as danças tornam o ensaio muito animado e faz com que a minha semana também tenha mais algum brilho. Quero deixar um apelo às pessoas que queiram aprender a dançar, a tocar e a reaprender a gostar o que é a tradição portuguesa que é muito mais do que as pessoas pensam.”, concluiu.

Não há limite de idade para entrar no GFUM, uma vez que o Grupo pretende unir a comunidade académica à comunidade bracarense. Os ensaios decorrem às terças-feiras a partir das 21h30 no Bar Académico, situado na Rua Dom Pedro V.

Acerca Braga TV