Sexta-feira , Novembro 10 2017 Periodicidade Diária nº 1535
Principal / Cultura / 5.000 pessoas visitaram já a galeria INL

5.000 pessoas visitaram já a galeria INL

Uma galeria única, situada no interior do gnration, resultante de um projeto pioneiro entre o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) e o gnration, onde artistas nacionais e internacionais expõem trabalhos artísticos resultantes de residências artísticas que partiram de um contacto próximo com investigadores, proporcionado uma ligação exemplo entre arte e nanotecnologia.

Criada como projeto piloto em abril de 2016, a galeria INL foi já visitada por cerca de 5.000 pessoas (dados recolhidos até agosto deste ano). De março a junho, segundo dados de avaliação da agência de monotorização CISION, foi alvo de 50 notícias por parte da imprensa, 5 delas de origem internacional, tendo um reach mediático de 3.858.218 pessoas, um número que corresponde à obtenção de um valor mediático na ordem dos 35.628 euros.

A galeria INL, localizada no interior do gnration, recebeu já instalações sonoras e audiovisuais dos artistas portugueses Rui Dias e Fernando José Pereira, do norte-americano Pierce Warnecke, do holandês Tarik Barri e, mais recentemente, do português Pedro Rebelo.

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia é a primeira, e até agora a única, organização internacional de investigação no campo da nanociência e da nanotecnologia na Europa.

Resulta de uma decisão conjunta dos Governos de Portugal e Espanha, tomada a 19 de novembro de 2015, onde ambos os Governos tornaram claro o seu comprometimento em colaborar numa ambiciosa joint venture no campo da ciência e tecnologia de futuro.

A combinação de um adequado nível de fundos de investigação disponíveis, recrutamento internacional competitivo, facilitação de investigação do estado da arte e uma atitude inovadora e empreendedora nos valores organizacionais do INL são a força motriz para atrair cientistas de ponta e jovens investigadores de valor na construção da equipa de investigação do INL.

Acerca Braga TV